Precários afetados pela pandemia esperam apoio há meses. Governo promete pagar até dia 30

Mário Cruz / Lusa

Há centenas de trabalhadores precários, recibos verdes e outros sem proteção social, que não receberam qualquer pagamento do Estado do Apoio Extraordinário de Prestação Social para Trabalhadores.

O Apoio Extraordinário de Proteção Social para Trabalhadores tem milhares de pedidos pendentes na Segurança Social. O Jornal de Notícias avança esta quarta-feira que há “milhares de pedidos pendentes na Segurança Social” relativos a este apoio, destinado aos recibos verdes e outros cidadãos sem proteção social.

Na sequência de centenas de denúncias ontem efetuadas, o Executivo “prometeu fazer duas transferências até 30 de dezembro“.

As denúncias chegaram às caixas de email da provedora de Justiça, de grupos parlamentares da Assembleia da República, da Segurança Social e de alguns órgãos de Comunicação Social. A denúncia também partiu de um grupo no Facebook criado para o efeito.

Segundo o diário, há casos de trabalhadores que esperam há meses pelo apoio extraordinário criado no âmbito do Orçamento Suplementar de julho.

Em comum têm o facto de todos afirmarem ter tido uma quebra de rendimento superior a 40% ou terem cessado o trabalho este ano sem direito a subsídio de desemprego.

Em causa está um apoio de 438,81 euros que deveria ter sido entregue todos os meses desde julho, embora com os atrasos no processo só tenham começado a ser transferidos no mês passado.

[sc name=”assina” by=”ZAP” url=”” source=”Lusa”]
PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Este é o governo das tretas. Promete tudo, anuncia mundos maravilhosos e depois na prática nada corresponde à realidade. Vejamos alguns belos exemplos:
    – Estado vai apoiar as empresas nacionais afetadas pela pandemia em 4 mil milhões de euros em 4 meses – durante esse período gastou apenas 700 milhões. Isto porque as exigências eram tantas que a grande maioria das empresas ficava excluída.
    – Estado vai apoiar o setor da restauração com os encerramentos aos fins-de-semana às 13:00. Esqueceram-se de dizer que para cálculo do diferencial iam utilizar a média desde o mês de março do presente ano!!!
    – Estado vai contratar 2.000 novos funcionários públicos – Se forem 100 ou 200 será muito. Ao que sei concorreram mais de 15 mil e a grande maioria foi excluída do processo (provas difíceis para assim justificar a não contratação).
    – Estado vai premiar profissionais de saúde – no máximo dos máximos 30% destes, porque têm de ter estado obrigatoriamente em contacto com casos COVID 19, esquecendo-se que todas as outras enfermidades não tiraram propriamente férias.

    A questão que se coloca é: Mas quem é que ainda é enganado por esta gentalha?!
    Fazem sempre grandes anúncios de apoios e prémios para tudo mas depois (com os regulamentos, etc) nada disso se verifica. São os mestres da mentira. E o povo, ao que parece, engole tudo a atentar nas últimas sondagens.

RESPONDER

Um medicamento comum utilizado para tratar a diarreia pode ajudar a combater células cancerígenas agressivas

- Um fármaco comum prescrito para tratar a diarreia pode ajudar a combater um tipo agressivo de cancro cerebral (glioblastoma), sugere uma nova investigação levada a cabo pela Universidade de Frankfurt, na Alemanha. Em causa está a …

Trovants, as estranhas "pedras vivas" da Roménia que intrigam moradores (e fascinam cientistas)

Costesti, uma pequena cidade na Roménia, é o lar de estranhas manifestações geológicas que intrigam os habitantes locais com a sua aparência orgânica. Estas "pedras vivas" inspiram mitos sobre a capacidade de crescerem e moverem-se …

Cientistas descobrem (acidentalmente) nova espécie de cobra que estava escondida, porém à vista de todos

Jeff Weinell, investigador no Instituto de Biodiversidade da Universidade de Kansas, descobriu que três espécies de cobras preservadas na coleção de biodiversidade, encontradas em missões entre 2006 e 2012, e ignoradas até agora, pertenciam a …

Cientistas criam mini robô que navega pelo sistema vascular cerebral

Uma equipa de cientistas da Escola Politécnica Federal de Lausanne (EPFL), na Suíça, aproveitou a energia hidrocinética, a energia mecânica resultante do movimento de líquidos, para chegar a lugares do corpo humano sem recorrer a …

Cientistas podem ter detetado pela primeira vez o nascimento de um magnetar devido a uma colisão colossal

Há muito tempo, no Universo distante, uma enorme explosão de raios-gama libertou mais energia em meio segundo do que o Sol irá produzir durante a sua vida inteira de 10 mil milhões de anos. Depois de …

Flor com mais de 100 milhões de anos foi preservada até agora por âmbar birmanês

Um grupo de investigadores da Oregon State University identificou um novo género de uma flor do período médio do Cretáceo. Esta foi encontrada congelada no tempo por âmbar birmanês. George Poinar Jr., professor da Faculdade de …

Novo tratamento pode travar sintomas da covid-19

No Reino Unido, uma equipa de cientistas acabou de recrutar os primeiros participantes de um novo estudo de anticorpos de longa ação. Se o tratamento for eficaz, pode dar àqueles que já foram expostos ao …

Ondulações no espaço-tempo podem fornecer pistas sobre os componentes ausentes do Universo

Quase tudo encaixa na Teoria do Universo. Alguns cientistas defendem que as ondulações subtis na estrutura do espaço-tempo podem ajudar a encontrar a peça em falta. As ondas gravitacionais são ondulações no tecido do espaço-tempo que …

O fumo dos incêndios florestais esconde uma ameaça pouco conhecida: micróbios infecciosos

Este ano foi especialmente problemático no que toca a incêndios florestais. Além das inúmeras consequências já conhecidas da inalação do fumo, há mais uma ameaça até agora pouco conhecida: pode ser uma nova rota de …

Califórnia vai ter os primeiros veículos de entrega totalmente autónomos

https://vimeo.com/498001611 Quase três anos depois de ter revelado o seu veículo de entrega autónomo, a startup Nuro teve finalmente luz verde para iniciar as operações comerciais na Califórnia. Embora seja um veículo totalmente autónomo, o R2 foi …