PJ foi afastada do caso do hidrogénio (e “não é muito legal”)

Tiago Petinga / Lusa

O secretário de Estado da Energia, João Galamba.

O Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP) do Ministério Público afastou a Polícia Judiciária (PJ) das investigações em torno do chamado caso do hidrogénio que envolvem suspeitas contra o ministro da Economia, Siza Vieira, e o secretário de Estado da Energia, João Galamba. “Uma solução que não é muito legal”, segundo fonte policial.

A notícia é avançada pela revista Sábado e destacada pelo Expresso. A decisão terá sido do Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP) e terá causado indignação na PJ, já que seria da sua competência investigar o caso.

“O MP pode não exercer essas competências se fizer a investigação por mão própria. Teoricamente, fá-lo por mão própria, mas, na prática, tem lá uma ou duas entidades para lhe darem apoio. É uma solução que não é muito legal“, destaca uma fonte policial referindo-se ao que está estipulado na Lei de Organização da Investigação Criminal.

Quando se quer aplicar a lei mas não se cumpre a lei, perde-se alguma legitimidade e geram-se dúvidas”, aponta a mesma fonte da PJ.

Mas este não é o primeiro caso que envolve eventuais crimes de corrupção económica a ser retirado à competência da PJ pelo DCIAP. Já aconteceu o mesmo com as operações Marquês e Furacão, o que “tem sido um contributo para a desorganização do sistema”, considera a dita fonte.

As investigações em torno do processo do hidrogénio estão a ser feitas pelo DCIAP e pela Autoridade Tributária, conforme nota o Expresso.

Siza Vieira e João Galamba são suspeitos por, alegadamente, terem favorecido determinadas empresas no âmbito do processo de selecção das candidaturas que vão integrar a proposta portuguesa a apresentar a Bruxelas, para obter apoios comunitários.

O MP suspeita em particular que terá sido beneficiado o consórcio H2Sines que é formado por EDP, Galp, REN, Martifer e Vestas.

No âmbito das suspeitas, noticiou-se que Siza Vieira e João Galamba foram colocados sob escuta pelo MP. Mas esta entidade assegura que o ministro não foi alvo de tal procedimento, não se pronunciando quanto ao Secretário de Estado, o que insinua que este terá sido mesmo alvo de escutas.

Siza Vieira já avançou com uma queixa-crime por “denúncia caluniosa” no âmbito do inquérito.

Galamba refutou as suspeitas, considerando que “não há qualquer concurso público, adjudicação directa ou financiamento assegurado ou atribuído, ou qualquer decisão final tomada, pelo que, objectivamente, não poderia ter sido praticado qualquer acto que consubstancie favorecimento, tráfico de influências ou corrupção”.

[sc name=”assina” by=”ZAP”]
PARTILHAR

14 COMENTÁRIOS

  1. Sempre que a UE tem verbas destinadas a promover a economia aparece um projeto megalómano para encher os bolsos a ladrões de colarinho branco, o dinheiro que Portugal vai receber deve ser integralmente gasto no apoio à economia e ás famílias. Sr Costa não queira ficar na história como o Sócrates II

  2. Em minha modesta opinião todos são corruptos até prova em contrário, pois se a Autoridade Tributária não utiliza a presunção de inocência, apesar de de ter em seu poder 2 acórdãos judiciais como INOCENTE e ainda penhora o salário em 1/3, porquê que eu um simples cidadão não hei-de duvidar de quem que seja’

      • Nestes casos só é cego quem não quer ver como as coisas vão funcionando por cá, quem governa agora é que terá que responder pelas suas ações, que também haja peças iguais noutros partidos, lá disso também não me restam dúvidas, mas esbarramos sempre no mesmo problema, falta de justiça, ou “justiça” que tomba sempre para o lado mais forte, dinheiro.

  3. Este era melhor prende-lo já, que assim ia cumprindo a pena e não fazia tantas falcatruas. Este gajito tem as lâmpadas de corrupto todas acesas, parece uma árvore de Natal.

  4. Continuo sem perceber por que razão se perde tempo a investigar o Galambadas. Esta criatura não carece de nenhuma investigação. É prendê-lo e está feita justiça.

RESPONDER

Um medicamento comum utilizado para tratar a diarreia pode ajudar a combater células cancerígenas agressivas

- Um fármaco comum prescrito para tratar a diarreia pode ajudar a combater um tipo agressivo de cancro cerebral (glioblastoma), sugere uma nova investigação levada a cabo pela Universidade de Frankfurt, na Alemanha. Em causa está a …

Trovants, as estranhas "pedras vivas" da Roménia que intrigam moradores (e fascinam cientistas)

Costesti, uma pequena cidade na Roménia, é o lar de estranhas manifestações geológicas que intrigam os habitantes locais com a sua aparência orgânica. Estas "pedras vivas" inspiram mitos sobre a capacidade de crescerem e moverem-se …

Cientistas descobrem (acidentalmente) nova espécie de cobra que estava escondida, porém à vista de todos

Jeff Weinell, investigador no Instituto de Biodiversidade da Universidade de Kansas, descobriu que três espécies de cobras preservadas na coleção de biodiversidade, encontradas em missões entre 2006 e 2012, e ignoradas até agora, pertenciam a …

Cientistas criam mini robô que navega pelo sistema vascular cerebral

Uma equipa de cientistas da Escola Politécnica Federal de Lausanne (EPFL), na Suíça, aproveitou a energia hidrocinética, a energia mecânica resultante do movimento de líquidos, para chegar a lugares do corpo humano sem recorrer a …

Cientistas podem ter detetado pela primeira vez o nascimento de um magnetar devido a uma colisão colossal

Há muito tempo, no Universo distante, uma enorme explosão de raios-gama libertou mais energia em meio segundo do que o Sol irá produzir durante a sua vida inteira de 10 mil milhões de anos. Depois de …

Flor com mais de 100 milhões de anos foi preservada até agora por âmbar birmanês

Um grupo de investigadores da Oregon State University identificou um novo género de uma flor do período médio do Cretáceo. Esta foi encontrada congelada no tempo por âmbar birmanês. George Poinar Jr., professor da Faculdade de …

Novo tratamento pode travar sintomas da covid-19

No Reino Unido, uma equipa de cientistas acabou de recrutar os primeiros participantes de um novo estudo de anticorpos de longa ação. Se o tratamento for eficaz, pode dar àqueles que já foram expostos ao …

Ondulações no espaço-tempo podem fornecer pistas sobre os componentes ausentes do Universo

Quase tudo encaixa na Teoria do Universo. Alguns cientistas defendem que as ondulações subtis na estrutura do espaço-tempo podem ajudar a encontrar a peça em falta. As ondas gravitacionais são ondulações no tecido do espaço-tempo que …

O fumo dos incêndios florestais esconde uma ameaça pouco conhecida: micróbios infecciosos

Este ano foi especialmente problemático no que toca a incêndios florestais. Além das inúmeras consequências já conhecidas da inalação do fumo, há mais uma ameaça até agora pouco conhecida: pode ser uma nova rota de …

Califórnia vai ter os primeiros veículos de entrega totalmente autónomos

https://vimeo.com/498001611 Quase três anos depois de ter revelado o seu veículo de entrega autónomo, a startup Nuro teve finalmente luz verde para iniciar as operações comerciais na Califórnia. Embora seja um veículo totalmente autónomo, o R2 foi …