Num hospital de Barcelona, um mini-carro da Hyundai melhora o humor das crianças internadas

Os hospitais podem ser assustadores para os mais pequenos, mas é para isso que servem os animais de apoio emocional – ou, neste caso, os carros de apoio emocional da Hyundai.

A fabricante automóvel sul-coreana Hyundai doou minicarros autónomos e assistidos por inteligência artificial (IA) a um hospital pediátrico em Barcelona, Espanha, como parte do seu projeto “Little Big e-Motion”, de acordo com um comunicado.

Afirmando que a viagem da cama do hospital até à sala de tratamento pode fazer as crianças ficarem nervosas e ansiosas, a empresa procura tornar as coisas mais divertidas para as crianças.

O mini veículo elétrico 45 da Hyundai é possivelmente o Power Wheel mais avançado já feito graças ao facto de ter IA. Este suporte permite que o carro perceba o bem-estar das crianças.

O minicarro imita o carro-conceito “45” em tamanho real da Hyundai e garante que os pequenos motoristas possam conduzi-lo sem se magoar com uma velocidade de viagem de até 6,4 quilómetros por hora.

O carro está equipado com aquilo que a Hyundai chama de Emotion Adaptive Vehicle Control (EAVC). Este recurso foi criado como uma colaboração de investigação académica com o Media Lab do MIT. A tecnologia usa IA para monitorizar as emoções da criança, analisando as suas expressões faciais, frequência respiratória e frequência cardíaca.

A câmara embutida grava e analisa o rosto da criança para encontrar pistas sobre o seu estado de espírito. Há também um cinto para exercícios respiratórios que usa bolsas de ar para aplicar uma pressão suave no corpo da criança para reduzir a ansiedade e estabilizar a respiração.

De acordo com os dados que colhe, a IA muda a iluminação, a música e a fragrância do veículo, tornando-o um passeio melhor para os pequenos condutores.

Os adultos também podem rastrear estes dados através de uma aplicação.

Como se não bastasse, o carro também consegue lançar bolas de sabão, que melhora o humor não só das crianças, mas de todos os envolvidos.

[sc name=”assina” by=”Maria Campos, ZAP” url=”” source=””]

 

PARTILHAR

RESPONDER

Um medicamento comum utilizado para tratar a diarreia pode ajudar a combater células cancerígenas agressivas

- Um fármaco comum prescrito para tratar a diarreia pode ajudar a combater um tipo agressivo de cancro cerebral (glioblastoma), sugere uma nova investigação levada a cabo pela Universidade de Frankfurt, na Alemanha. Em causa está a …

Trovants, as estranhas "pedras vivas" da Roménia que intrigam moradores (e fascinam cientistas)

Costesti, uma pequena cidade na Roménia, é o lar de estranhas manifestações geológicas que intrigam os habitantes locais com a sua aparência orgânica. Estas "pedras vivas" inspiram mitos sobre a capacidade de crescerem e moverem-se …

Cientistas descobrem (acidentalmente) nova espécie de cobra que estava escondida, porém à vista de todos

Jeff Weinell, investigador no Instituto de Biodiversidade da Universidade de Kansas, descobriu que três espécies de cobras preservadas na coleção de biodiversidade, encontradas em missões entre 2006 e 2012, e ignoradas até agora, pertenciam a …

Cientistas criam mini robô que navega pelo sistema vascular cerebral

Uma equipa de cientistas da Escola Politécnica Federal de Lausanne (EPFL), na Suíça, aproveitou a energia hidrocinética, a energia mecânica resultante do movimento de líquidos, para chegar a lugares do corpo humano sem recorrer a …

Cientistas podem ter detetado pela primeira vez o nascimento de um magnetar devido a uma colisão colossal

Há muito tempo, no Universo distante, uma enorme explosão de raios-gama libertou mais energia em meio segundo do que o Sol irá produzir durante a sua vida inteira de 10 mil milhões de anos. Depois de …

Flor com mais de 100 milhões de anos foi preservada até agora por âmbar birmanês

Um grupo de investigadores da Oregon State University identificou um novo género de uma flor do período médio do Cretáceo. Esta foi encontrada congelada no tempo por âmbar birmanês. George Poinar Jr., professor da Faculdade de …

Novo tratamento pode travar sintomas da covid-19

No Reino Unido, uma equipa de cientistas acabou de recrutar os primeiros participantes de um novo estudo de anticorpos de longa ação. Se o tratamento for eficaz, pode dar àqueles que já foram expostos ao …

Ondulações no espaço-tempo podem fornecer pistas sobre os componentes ausentes do Universo

Quase tudo encaixa na Teoria do Universo. Alguns cientistas defendem que as ondulações subtis na estrutura do espaço-tempo podem ajudar a encontrar a peça em falta. As ondas gravitacionais são ondulações no tecido do espaço-tempo que …

O fumo dos incêndios florestais esconde uma ameaça pouco conhecida: micróbios infecciosos

Este ano foi especialmente problemático no que toca a incêndios florestais. Além das inúmeras consequências já conhecidas da inalação do fumo, há mais uma ameaça até agora pouco conhecida: pode ser uma nova rota de …

Califórnia vai ter os primeiros veículos de entrega totalmente autónomos

https://vimeo.com/498001611 Quase três anos depois de ter revelado o seu veículo de entrega autónomo, a startup Nuro teve finalmente luz verde para iniciar as operações comerciais na Califórnia. Embora seja um veículo totalmente autónomo, o R2 foi …