Infanta Cristina absolvida, marido condenado a 6 anos de prisão

Cati Cladera / EPA

A infanta Cristina e o marido Inaki Urdangarin

A Justiça espanhola absolveu esta sexta-feira a infanta Cristina, irmã do rei espanhol, da suspeita de evasão fiscal no caso Nóos, mas condenou o seu marido a seis anos e três meses de prisão por fraude e desvio de dinheiros públicos.

Desde o início do caso, o Ministério Público espanhol recusou-se a apresentar queixa contra a infanta Cristina de Borbón, mas uma organização chamada “Mãos Limpas” avançou com o processo em que a acusava de evasão fiscal.

A infanta Cristina foi, agora, absolvida dos delitos fiscais de que era acusada pela organização mas terá de pagar uma multa de 265 mil euros. No entanto, como já tinha pago 587 mil euros em 2014, irá receber cerca de 321 mil euros.

O marido da infanta, Iñaki Urdangarin, foi condenado a seis anos e três meses de prisão por negócios fraudulentos feitos pelo Instituto Nóos que fundou e dirigiu entre 2004 e 2006. Inicialmente, o Ministério Público tinha pedido 19,5 anos de prisão para o cunhado do Rei de Espanha.

Além dos crimes fiscais, Iñaki Urdangarin foi também considerado culpado de prevaricação, tráfico de influência e crimes contra o Estado e terá de pagar uma multa de 512 mil euros.

Urdangarin é acusado de ter utilizado as suas ligações à família real para ganhar concursos públicos para organizar, entre outros, eventos desportivos, tendo em seguida desviado fundos para a Aizoon, uma empresa que ele geria em conjunto com a princesa Cristina e utilizava para financiar o seu estilo de vida luxuoso.

Devido ao escândalo do “caso Nóos”, o rei Filipe VI retirou o título de duques de Palma à infanta Cristina e ao marido em junho de 2015.

Infanta Cristina vai mudar-se para Portugal

Diz o jornal El País que a infanta Cristina vai-se mudar já esta sexta-feira para Portugal. Depois de três anos a viver em Genebra, na Suíça, e após ter estado esta semana em Barcelona, a filha mais nova dos reis eméritos Juan Carlos e Sofia, vem aí uma nova morada.

De acordo com aquela publicação, há muito que estava decidido que, caso a sentença fosse desfavorável para Urdangarin mas não para a infanta, e mal termine o ano letivo, esta e os quatros filhos deixarão Genebra e rumarão ao nosso país.

Uma hipótese que já havia sido avançada no ano passado estava relacionada com o facto de a Fundação Aga Khan, para a qual a infanta Cristina poderá trabalhar, ter comprado o Palácio Henrique Mendonça, no Bairro da Lapa, Lisboa. Com esta mudança, a infanta fica também mais perto do marido, que irá para a cadeia.

[sc name=”assina2″ by=”ZAP” url=”http://www.movenoticias.com/2017/02/infanta-cristina-muda-se-para-portugal-apos-ser-absolvida/” source=”Move” source2=”Lusa” ]
PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. A Infanta vem para cá tirar a especialização.
    Posso recomendar uma boa instituição em São Bento, embora republicana tem tido excelentes resultados !

RESPONDER

Um medicamento comum utilizado para tratar a diarreia pode ajudar a combater células cancerígenas agressivas

- Um fármaco comum prescrito para tratar a diarreia pode ajudar a combater um tipo agressivo de cancro cerebral (glioblastoma), sugere uma nova investigação levada a cabo pela Universidade de Frankfurt, na Alemanha. Em causa está a …

Trovants, as estranhas "pedras vivas" da Roménia que intrigam moradores (e fascinam cientistas)

Costesti, uma pequena cidade na Roménia, é o lar de estranhas manifestações geológicas que intrigam os habitantes locais com a sua aparência orgânica. Estas "pedras vivas" inspiram mitos sobre a capacidade de crescerem e moverem-se …

Cientistas descobrem (acidentalmente) nova espécie de cobra que estava escondida, porém à vista de todos

Jeff Weinell, investigador no Instituto de Biodiversidade da Universidade de Kansas, descobriu que três espécies de cobras preservadas na coleção de biodiversidade, encontradas em missões entre 2006 e 2012, e ignoradas até agora, pertenciam a …

Cientistas criam mini robô que navega pelo sistema vascular cerebral

Uma equipa de cientistas da Escola Politécnica Federal de Lausanne (EPFL), na Suíça, aproveitou a energia hidrocinética, a energia mecânica resultante do movimento de líquidos, para chegar a lugares do corpo humano sem recorrer a …

Cientistas podem ter detetado pela primeira vez o nascimento de um magnetar devido a uma colisão colossal

Há muito tempo, no Universo distante, uma enorme explosão de raios-gama libertou mais energia em meio segundo do que o Sol irá produzir durante a sua vida inteira de 10 mil milhões de anos. Depois de …

Flor com mais de 100 milhões de anos foi preservada até agora por âmbar birmanês

Um grupo de investigadores da Oregon State University identificou um novo género de uma flor do período médio do Cretáceo. Esta foi encontrada congelada no tempo por âmbar birmanês. George Poinar Jr., professor da Faculdade de …

Novo tratamento pode travar sintomas da covid-19

No Reino Unido, uma equipa de cientistas acabou de recrutar os primeiros participantes de um novo estudo de anticorpos de longa ação. Se o tratamento for eficaz, pode dar àqueles que já foram expostos ao …

Ondulações no espaço-tempo podem fornecer pistas sobre os componentes ausentes do Universo

Quase tudo encaixa na Teoria do Universo. Alguns cientistas defendem que as ondulações subtis na estrutura do espaço-tempo podem ajudar a encontrar a peça em falta. As ondas gravitacionais são ondulações no tecido do espaço-tempo que …

O fumo dos incêndios florestais esconde uma ameaça pouco conhecida: micróbios infecciosos

Este ano foi especialmente problemático no que toca a incêndios florestais. Além das inúmeras consequências já conhecidas da inalação do fumo, há mais uma ameaça até agora pouco conhecida: pode ser uma nova rota de …

Califórnia vai ter os primeiros veículos de entrega totalmente autónomos

https://vimeo.com/498001611 Quase três anos depois de ter revelado o seu veículo de entrega autónomo, a startup Nuro teve finalmente luz verde para iniciar as operações comerciais na Califórnia. Embora seja um veículo totalmente autónomo, o R2 foi …