Espanha vai registar pessoas que não querem ser vacinadas (e partilhar lista com países europeus)

O registo das pessoas que se recusam a receber a vacina contra a covid-19 será partilhado com outros países europeus, mas não será divulgado publicamente.

Numa entrevista ao canal de televisão La Sexta, Salvador Illa, ministro da Saúde espanhol, anunciou que as autoridades vão manter um registo de pessoas que se recusam a ser vacinadas contra a covid-19.

A lista será partilhada com outros países europeus, mas o governante adiantou que não será divulgada publicamente.

Em Espanha, a vacinação não será obrigatória. No caso das pessoas que não querem ser vacinadas, o que vai ser feito “é um registo que será partilhado com outros países europeus”, disse o ministro, especificando que se referia “às pessoas a quem for proposto (ser vacinado) e que, simplesmente, se recusem“.

“Este não é um documento que se vai tornar público”, garantiu, acrescentando que o arquivo será elaborado “com o maior respeito pela proteção de dados”.

O instituto público de demografia realizou recentemente um inquérito que mostra que 28% da população espanhola é contra a vacinação imediata. Ainda assim, 40,5% admitem estar dispostos a receber já a vacina e 16,2% contam fazê-lo se o medicamento for “seguro”.

As autoridades de saúde indicaram, esta segunda-feira, que o país ultrapassou as 50 mil mortes por covid-19, ao somar 298 óbitos desde 24 de dezembro, enquanto a incidência acumulada nos últimos 14 dias desceu para 246,9 por cada 100 mil habitantes, revelou esta segunda-feira o Ministério da Saúde.

Além da subida para 50.122 mortes desde o início da pandemia, Espanha registou também 24.462 novos casos, de acordo com os dados dos últimos dias reportados pelas comunidades autónomas, tendo ultrapassado os 1,8 milhões de casos de contágio.

[sc name=”assina” by=”Liliana Malainho, ZAP” url=”” source=”Lusa”]
PARTILHAR

13 COMENTÁRIOS

    • O objectivo é que essas pessoas que não querem ser vacinadas depois têm de arcar com as consequências… (por exemplo: se ficarem doentes pagam o tratamento do bolso delas)

    • Parece que viveste debaixo de uma rocha 1 ano… O que se passa é que uma boa parte da população se recusa a se vacinar e é contra as medidas de prevenção mais básicas como usar uma máscara ou desinfectar as mãos. Espero que façam o mesmo cá.

  1. Com 80% de assintomáticos, 15% para quem é como uma gripe e apenas 2.5% de mortos dos quais 95% tambem morreriam de outras doenças pois são velhos, cardiacos, doentes respiratórios, renais, etc. Não me parece que para para o suposto bem comum a existencia de uma vacina faça alguma diferença real e muito menos obrigar os assintomaticos a toma-la.

    Vivemos um ano em que a cobardice dos politicos se juntou á ignorancia do povo pouco instruido, pouco inquisitivo e facilmente manipulavel.

    Vou repetir:
    80% Assintomaticos
    15% Como uma gripe
    2.5% precisam de suporte de vida mas nao se sabe se o protocolo é o mais correcto nem se ha alguma droga que possa evitar a inflamação dos pulmoes, provavelmente há.
    2.5% morrem porque já eram velhos e doentes. Já morreriam com uma das gripes beras que aparecem regularmente.

    Resumindo:
    Foste amedrontado por um medo que nao é real porque o mais provavel é estares entre os 95 em cada 100 para quem isto nao tem quaisquer consequencias e continuas alegremente a defender aqueles que por cobardia te fizeram perder o empregoe te obrigam a ficar em casa sem qualquer justificação racional.

    Parabens!

  2. Assim é a vida numa “democracia” gerida pelo PSOE e o Podemos (a esquerda do costume). Em nome da democracia não querem decretar obrigatória a vacina. Mas como são totalitários e catalogar a opinião de cada um para criar ficheiros estilo PIDE ou KGB, toca a registar e DIFUNDIR tal registo.
    Como previa Orwell (um comunista que percebeu tudo antecipadamente) criam um “Grande Irmão” que mantem todos sob vigilância e pune quem tem opinião PRÓPRIA. E viva a democracia das esquerdas, que camuflada vai obrigando a fazer e a pensar o que para eles é “correcto”. Em Espanha esta postura já deu mal no passado, exactamente com os mesmos protagonistas.

RESPONDER

Um medicamento comum utilizado para tratar a diarreia pode ajudar a combater células cancerígenas agressivas

- Um fármaco comum prescrito para tratar a diarreia pode ajudar a combater um tipo agressivo de cancro cerebral (glioblastoma), sugere uma nova investigação levada a cabo pela Universidade de Frankfurt, na Alemanha. Em causa está a …

Trovants, as estranhas "pedras vivas" da Roménia que intrigam moradores (e fascinam cientistas)

Costesti, uma pequena cidade na Roménia, é o lar de estranhas manifestações geológicas que intrigam os habitantes locais com a sua aparência orgânica. Estas "pedras vivas" inspiram mitos sobre a capacidade de crescerem e moverem-se …

Cientistas descobrem (acidentalmente) nova espécie de cobra que estava escondida, porém à vista de todos

Jeff Weinell, investigador no Instituto de Biodiversidade da Universidade de Kansas, descobriu que três espécies de cobras preservadas na coleção de biodiversidade, encontradas em missões entre 2006 e 2012, e ignoradas até agora, pertenciam a …

Cientistas criam mini robô que navega pelo sistema vascular cerebral

Uma equipa de cientistas da Escola Politécnica Federal de Lausanne (EPFL), na Suíça, aproveitou a energia hidrocinética, a energia mecânica resultante do movimento de líquidos, para chegar a lugares do corpo humano sem recorrer a …

Cientistas podem ter detetado pela primeira vez o nascimento de um magnetar devido a uma colisão colossal

Há muito tempo, no Universo distante, uma enorme explosão de raios-gama libertou mais energia em meio segundo do que o Sol irá produzir durante a sua vida inteira de 10 mil milhões de anos. Depois de …

Flor com mais de 100 milhões de anos foi preservada até agora por âmbar birmanês

Um grupo de investigadores da Oregon State University identificou um novo género de uma flor do período médio do Cretáceo. Esta foi encontrada congelada no tempo por âmbar birmanês. George Poinar Jr., professor da Faculdade de …

Novo tratamento pode travar sintomas da covid-19

No Reino Unido, uma equipa de cientistas acabou de recrutar os primeiros participantes de um novo estudo de anticorpos de longa ação. Se o tratamento for eficaz, pode dar àqueles que já foram expostos ao …

Ondulações no espaço-tempo podem fornecer pistas sobre os componentes ausentes do Universo

Quase tudo encaixa na Teoria do Universo. Alguns cientistas defendem que as ondulações subtis na estrutura do espaço-tempo podem ajudar a encontrar a peça em falta. As ondas gravitacionais são ondulações no tecido do espaço-tempo que …

O fumo dos incêndios florestais esconde uma ameaça pouco conhecida: micróbios infecciosos

Este ano foi especialmente problemático no que toca a incêndios florestais. Além das inúmeras consequências já conhecidas da inalação do fumo, há mais uma ameaça até agora pouco conhecida: pode ser uma nova rota de …

Califórnia vai ter os primeiros veículos de entrega totalmente autónomos

https://vimeo.com/498001611 Quase três anos depois de ter revelado o seu veículo de entrega autónomo, a startup Nuro teve finalmente luz verde para iniciar as operações comerciais na Califórnia. Embora seja um veículo totalmente autónomo, o R2 foi …