Cristina contesta pedido de indemnização da SIC e diz que estação lhe deve 222 mil euros. Canal já respondeu

Cristina Ferreira já contestou o pedido de indemnização de 20 milhões feito pela SIC, por ter interrompido o contrato que a ligava à estação até 2022, e por compromissos comerciais assumidos impossíveis de se concretizar por causa da sua mudança para a TVI.

A apresentadora, atual acionista da Media Capital, administradora e diretora de ficção e entretenimento acusa a estação do grupo Impresa de lhe dever mais dinheiro e de estar “centrada no uso e exploração da sua imagem e denunciar elementos da sua personalidade”, escreve a TV7Dias.

A defesa de Cristina Ferreira diz ainda que a estrela se queixou de promessas que nunca foram cumpridas por parte da SIC. Foi prometido em “almoços ocorridos entre si e Francisco Pedro Balsemão, onde este lhe assegurou que iria mudar esta situação”. O desejo de Cristina diria respeito a um cargo na direção de programas da SIC, porém tal “não ocorreu até o termo do contrato”, refere a defesa da apresentadora.

A estação de Paço de Arcos já reagiu através de um comunicado oficial enviado às redações.”A SIC repudia a ocorrência de qualquer incumprimento da sua parte, nomeadamente que Cristina Ferreira não tenha desempenhado efetivamente as funções de consultora executiva na área do Entretenimento, reiterando o integral cumprimento dos contratos celebrados entre as partes”, assegura.

Por outro lado, “a SIC rejeita e manifesta a sua surpresa face às alegações de aproveitamento, seja por que meio for, da intimidade da vida privada de Cristina Ferreira, alegações que não deixam de ser contraditórias, considerando que a mesma era a principal responsável por “O Programa da Cristina”, agindo, no exercício dessas funções, com extrema liberdade, pelo que lhe é objetiva e exclusivamente imputável a partilha de quaisquer informações do foro íntimo ou privado”, refere.

No relatório pode ler-se também que a estação “foi notificada esta semana da contestação apresentada por Cristina Ferreira, no âmbito do processo que aquela intentou na sequência da cessação ilícita do contrato que a vinculava à SIC até 30 de novembro de 2022”.

Ainda que a SIC sublinhe que não “pretende discutir publicamente questões que estão concretamente submetidas à apreciação do Tribunal”, quer “esclarecer as questões” levantadas pela defesa de Cristina Ferreira.

“A pretensão da SIC assenta estritamente em factos objetivos e todos os factos apresentados foram acompanhados por provas robustas e maioritariamente documentais, pelo que se estranha que Cristina Ferreira acuse a SIC de “factos falsos” e “factos mistos de verdadeiros e falsos” com base no diz-que-disse e sem apresentar provas concretas e reais”, sublinha o comunicado.

Cristina Ferreira reclama ainda uma dívida, de comissões de publicidade e outros serviços, no valor de 222.468,59 euros.

[sc name=”assina” by=”Ana Moura, ZAP” ]

 

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Eu não sou juiz, mas se fosse fazia assim: A SIC deve 222.468,59 à Cristina Ferreira? Pois bem, a SIC tem que pagar essa quantia.

    A Cristina Ferreira deve 20 milhões à SIC? Pois bem, a Cristina Ferreira tem que pagar essa quantia.

    Assunto encerrado.

RESPONDER

Um medicamento comum utilizado para tratar a diarreia pode ajudar a combater células cancerígenas agressivas

- Um fármaco comum prescrito para tratar a diarreia pode ajudar a combater um tipo agressivo de cancro cerebral (glioblastoma), sugere uma nova investigação levada a cabo pela Universidade de Frankfurt, na Alemanha. Em causa está a …

Trovants, as estranhas "pedras vivas" da Roménia que intrigam moradores (e fascinam cientistas)

Costesti, uma pequena cidade na Roménia, é o lar de estranhas manifestações geológicas que intrigam os habitantes locais com a sua aparência orgânica. Estas "pedras vivas" inspiram mitos sobre a capacidade de crescerem e moverem-se …

Cientistas descobrem (acidentalmente) nova espécie de cobra que estava escondida, porém à vista de todos

Jeff Weinell, investigador no Instituto de Biodiversidade da Universidade de Kansas, descobriu que três espécies de cobras preservadas na coleção de biodiversidade, encontradas em missões entre 2006 e 2012, e ignoradas até agora, pertenciam a …

Cientistas criam mini robô que navega pelo sistema vascular cerebral

Uma equipa de cientistas da Escola Politécnica Federal de Lausanne (EPFL), na Suíça, aproveitou a energia hidrocinética, a energia mecânica resultante do movimento de líquidos, para chegar a lugares do corpo humano sem recorrer a …

Cientistas podem ter detetado pela primeira vez o nascimento de um magnetar devido a uma colisão colossal

Há muito tempo, no Universo distante, uma enorme explosão de raios-gama libertou mais energia em meio segundo do que o Sol irá produzir durante a sua vida inteira de 10 mil milhões de anos. Depois de …

Flor com mais de 100 milhões de anos foi preservada até agora por âmbar birmanês

Um grupo de investigadores da Oregon State University identificou um novo género de uma flor do período médio do Cretáceo. Esta foi encontrada congelada no tempo por âmbar birmanês. George Poinar Jr., professor da Faculdade de …

Novo tratamento pode travar sintomas da covid-19

No Reino Unido, uma equipa de cientistas acabou de recrutar os primeiros participantes de um novo estudo de anticorpos de longa ação. Se o tratamento for eficaz, pode dar àqueles que já foram expostos ao …

Ondulações no espaço-tempo podem fornecer pistas sobre os componentes ausentes do Universo

Quase tudo encaixa na Teoria do Universo. Alguns cientistas defendem que as ondulações subtis na estrutura do espaço-tempo podem ajudar a encontrar a peça em falta. As ondas gravitacionais são ondulações no tecido do espaço-tempo que …

O fumo dos incêndios florestais esconde uma ameaça pouco conhecida: micróbios infecciosos

Este ano foi especialmente problemático no que toca a incêndios florestais. Além das inúmeras consequências já conhecidas da inalação do fumo, há mais uma ameaça até agora pouco conhecida: pode ser uma nova rota de …

Califórnia vai ter os primeiros veículos de entrega totalmente autónomos

https://vimeo.com/498001611 Quase três anos depois de ter revelado o seu veículo de entrega autónomo, a startup Nuro teve finalmente luz verde para iniciar as operações comerciais na Califórnia. Embora seja um veículo totalmente autónomo, o R2 foi …